Cerro Largo (RS): pedaço da Alemanha na Região das Missões (RS)
9 de novembro de 2020
Caminho das Missões: mapa pelo circuito dos peregrinos
9 de novembro de 2020

Guarani das Missões: o que fazer na cidade mais polonesa do RS

Guarani das Missões, no noroeste do Rio Grande do Sul, orgulha-se de ser considerada a cidade mais polonesa do Estado. Em plena região das Missões, é um município que realmente chama a atenção pela cultura. 

Na visita que fizemos, fomos recebidas por uma simpática moradora que traduzia muito bem o espírito e as tradições da cidade. Descendente de poloneses, Gisela Kaminski estava vestida a rigor, em um traje típico polonês, todo colorido e brilhoso, que reflete a cultura central da cidade, inspirada toda ela na Polônia. 

Fotos: Travelterapia

O povo apaixonado é apenas uma das características marcantes de Guarani das Missões. A cidade é considerada a Capital Polonesa dos Gaúchos, por ser o maior centro de colonização polonesa do País. Guarani das Missões também guarda em seu nome uma homenagem aos índios que ali viviam. 

Por conta da tradição, a cidade preserva uma festa que mobiliza a cidade, a Polfest. O evento reúne apresentações folclóricas, artesanato, gastronomia, religiosidade, tudo inspirado na cultura polonesa. 

Separamos os principais pontos turísticos dessa cidade que preserva com muito orgulho os costumes e as tradições dos primeiros imigrantes.

Guarani das Missões: pontos turísticos

Selecionamos os principais pontos turísticos de Guarani das Missões e indicamos um roteiro de 1 dia pra você.

Praça João Paulo II

Principal praça da cidade, o local traz uma estátua em homenagem ao Papa João Paulo II, que é polonês. Com muitas árvores, área verde, sombra e banquinhos para sentar, o lugar é bem propício para tomar um chimarrão e relaxar. 

Ao fundo da praça, está localizada a Igreja, chamada de Paróquia Santa Teresa D’Ávila, que foi construída em 1925 e tem estilo neogótico. Ao lado da igreja, tem uma Gruta em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes, onde as pessoas param para contemplar e receber bênçãos no local.

Parque de Eventos

Um dos principais pontos de cultura polonesa do município é o Parque de Eventos Clemente Vicente Binkowski. Lá é realizada a maior festa da cidade, a Polfest. 

No parque estão várias casas que remetem ao visual, às tradições e aos costumes poloneses. Entre elas, a Sociedade Braspol, onde são realizadas atividades culturais do município, e também a Casa Polonesa.

A Casa Polonesa, além ser local de realização das atividades culturais do município, preserva objetos e materiais que fazem parte da história da cidade. São trajes típicos, os vestidos das soberanas de todas as edições da Polfest, galeria de imagens da maior festa da cidade e informações turísticas.

O lugar é muito bem preservado e organizado, com informações e relíquias que fazem parte de toda a história de Guarani das Missões.

Casa de Cultura

Outro ponto turístico muito bem conservado, que preserva as tradições e história local é a Casa de Cultura Helena Carolina. O local era uma casa que pertencia a uma família polonesa e que foi construída em 1914. 

Hoje, a Casa de Cultura conta com uma Biblioteca Pública, cozinha, sala com instrumentos musicais e objetos que pertenciam aos antigos moradores. Também há espaço para mostra de artes, além de um museu, com antiguidades e relíquias da cultura polonesa e da cidade.

A Casa de Cultura está aberta diariamente, sob os cuidados da Gisela Kaminski. O acervo e a estrutura do local impressionam, principalmente por preservar objetos que não são mais encontrados hoje em dia.

Dica: provar os pratos típicos da cidade

Quem visitar Guarani das Missões não pode deixar de experimentar os pratos típicos poloneses. Um deles é o pirogue (ou pierog), que é um pastel cozido que pode ser doce ou salgado. 

Experimentamos um pirogue recheado com requeijão e feito pela Gisela. A iguaria pode ter outros recheios, como queijo, batata ou carne moída. É uma delícia!

Para os mais aventureiros, também tem a opção de provar uma Czernina, que é uma sopa feita com sangue de pato. 

O prato ficou famoso no século XVII, quando a criação dos patos era o meio de sustento das famílias da época. Por razões econômicas, utilizavam as partes de um animal para preparar a comida. Nós não experimentamos, mas a receita é sucesso moradores e turistas que queiram uma comida diferenciada e bem típica da Polônia.

Cidades próximas de Guarani das Missões (RS)

Há muitas possibilidades de fazer outros roteiros em cidades próximas de Guarani das Missões (RS). Nós separamos algumas dicas que já foram publicadas no nosso blog. Elas podem te ajudar na hora de organizar uma viagem pela região.

São Pedro do Butiá tem roteiro para quem deseja conhecer as heranças alemãs nas Missões

Santo Ângelo (RS) – cidade que é ponto de partida para os roteiros das Missões

São Miguel das Missões (RS), a cidade mais visitada pelos turistas que vão às Missões

Turismo de fé de São Paulo das Missões (RS)

Como é visitar o Santuário do Caaró, em Caibaté (RS)

São Luiz Gonzaga (RS): terra da canção missioneira e do carreteiro

Comentários

comentários