5 passeios para fazer em São José do Norte (RS)
24 de fevereiro de 2021
Chef Rafael Jacobi e vinícola Don Giovanni lançam o espaço Nature
1 de março de 2021

Morro Redondo (RS): guia com 6 atrações pela cidade

A 40 minutos de Pelotas, a cidade de Morro Redondo (RS) é o lugar ideal para quem busca se desprender da rotina e se conectar com a natureza.

A cidade se destaca pela atuação dos empreendedores locais, que desenvolveram diversos projetos turísticos baseados em atividades ao ar livre e de introspecção.

Por ali, a dica é tirar um dia para se desapegar do celular, da tecnologia e das redes sociais. 

O roteiro pela cidade é mais focado na área rural e por isso a dica é se desconectar um pouco da rotina e se conectar com o verde, a natureza e o interior.

Nós fizemos um roteiro completo por Morro Redondo em fevereiro de 2021 e vamos contar todos os detalhes para vocês! 

O que fazer em Morro Redondo (RS)

Passamos um dia na cidade, em fevereiro de 2021, e separamos 6 atrações que não podem ficar de fora da visita.

O roteiro que fizemos faz parte do Morro de Amores, principal rota turística da cidade, que percorre 14 locais de visitação de Morro Redondo.

Segue na leitura do texto porque aqui vamos contar todos os detalhes sobre este lindo destino da Costa Doce.

1. Vinícola Nardello

Nossa primeira parada foi na Vinícola Nardello, que fica localizada depois da entrada da cidade, em um caminho de 1 km de estrada de chão.

parte externa da vinícola, com uma plaquinha, grama e porta de entrada
Ambiente da vinícola é cercado por área verde e muita natureza. (Foto: Anelise Zanoni)

A propriedade chama atenção pela amplitude e pela vasta área verde, com árvores, sombra, um laguinho, vários banquinhos para sentar e até um balanço para tirar fotos em meio à natureza.

Aproveitamos o dia de sol da nossa visita e fizemos um piquenique embaixo de uma das árvores do local. O espaço é ótimo para curtir a natureza com muita paz e tranquilidade!

O piquenique vendido na vinícola tem salame, queijo, pão caseiro, geleias, suco de uva, bolachas e uma porção de roda de carreta, um pão frito que é tradicional da região. Uma delícia!

mesa de piquenique, com queijo, salame, pão, suco de uva, roda de carreta e geleias
Fizemos um delicioso piquenique embaixo de uma das árvores da vinícola. (Foto: Anelise Zanoni)

O piquenique serve até quatro pessoas e na época da nossa visita custou R$ 135. Também tem a opção de piquenique para duas pessoas e outras variedades de cardápio como tábua de frios e café com roda de carreta (aí o pacote fica mais em conta!).

Também conhecemos a lojinha da vinícola, que vende produtos coloniais feitos na região. Entre eles doce de leite, geleias, suco de uva e azeite de oliva.

mesa com vinho e geleias
A vinícola conta com uma lojinha que vende produtos feitos na região. (Foto: Anelise Zanoni)

Outro atrativo do lugar é o Colha e Pague, onde é possível visitar o parreiral e colher as uvas. Para fazer a atividade é cobrado um valor de R$7.

Durante a semana, a vinícola fica aberta para visitação de forma gratuita, das 9h às 19h. Nos finais de semana e feriados, é cobrado um valor de R$ 10 para visitação. 

2. Quiosque do Romano

Para quem gosta de produtos coloniais e saudáveis, uma dica é dar uma paradinha no Quiosque Romano, que fica no caminho para a cidade, na BR 392, KM 103.

O lugar oferece várias opções de alimentos, como salame, linguiça, queijo, docinhos de Pelotas, cucas e pães caseiros, bolachas artesanais, entre outras delícias.

Quiosque do Romano, com frutas expostas na frente
Quiosque do Romano é parada obrigatória para quem vai a Morro Redondo. (Foto: Anelise Zanoni)

3. Sobrado das Plantas

Claro que em um roteiro com muita natureza as plantas não ficariam de fora, não é mesmo?

O Sobrado das Plantas é uma floricultura da cidade que vende diferentes tipos de flores, plantas ornamentais, vasos e árvores.

vista da entrada da floricultura Sobrado das Plantas
A floricultura vende diferentes tipos de flores, plantas e vasos. (Foto: Anelise Zanoni)

Do lado da floricultura tem um quiosque chamado Muller Sabores e Fios, com venda de artesanato e produtos coloniais locais, além de chás, temperos, grãos, vinhos e cestas de café da manhã e de piquenique.

O quiosque é administrado pelos mesmos proprietários da floricultura e funciona desde outubro de 2020.

Em frente, tem um espaço com mesas e cadeiras para quem quiser tomar um café, um sorvete ou mesmo descansar por ali.

grãos, temperos e chás vendidos pelo quiosque Muller
Quiosque conta com variedade de produtos. (Foto: Anelise Zanoni)

4. Espaço Ecoar

Um lugar que une energia, misticismo, natureza e tranquilidade. Assim é o Espaço Ecoar, um empreendimento imerso na natureza, com espaço para contemplação, trilha, venda de suculentas e muitas paisagens naturais.

O espaço foi criado pela artista plástica Carla Thiel e existe desde 2017. O lugar onde hoje existe o Ecoar pertence à família de Carla.

O Ecoar funciona somente nos finais de semana, das 9h às 18h, sem necessidade de agendamento – a não ser quando forem grupos maiores.

Por ali, nos deparamos com uma paisagem de encher os olhos! Mesinhas com almofadas coloridas estão espalhadas no local, com vista para um lago.

árvores, espaço para sentar com almofadas, céu azul e um lago ao fundo
Ecoar tem um lindo espaço para descanso e contemplação da natureza. (Foto: Anelise Zanoni)

Outra atração é tirar foto no balanço, que também tem uma vista para o laguinho e para a paisagem verde. Óbvio que aproveitamos a experiência! 

Aliás, a imensidão verde do local chama a atenção, com muitas árvores e plantas.

No local, também são produzidas mudas de suculentas – que estão à venda – temperos e chás. 

mudas de suculentas
Mudas de suculentas estão à venda no local. (Foto: Anelise Zanoni)

Aproveitamos nossa visita para admirar as plantinhas e conhecer a horta orgânica. Ficamos surpresas com algumas suculentas penduradas em uma cabaninha rústica feita em cipó.

Essa técnica é chamada de Kokedama – que na tradução significa bola de musgo – e é semelhante ao Bonsai. A técnica permite suspender as plantas de forma fácil e sem a utilização de vasos.

Kokedama, técnica japonesa para sustentar as plantas
Kokedama é uma técnica japonesa semelhante ao Bonsai. (Foto: Anelise Zanoni)

Saímos encantadas com a beleza e a organização do local, que garante paz e tranquilidade.

O Ecoar está localizado na Colônia Cachoeira, interior de Morro Redondo. 

Para mais informações, você pode falar com a Carla pelo número (53) 98435-6158.

5. Sítio Sonho Meu

Para quem busca um espaço de lazer em meio à natureza, o Sítio Sonho Meu é o lugar certo!

Logo ao chegar no local, já percebemos a criatividade dos proprietários. Na entrada, uma plaquinha anunciava o “jardim dos sonhos”, com árvores, plantas e uma casinha esculpida em um tronco de árvore.

jardim com grama, uma casa ao fundo, árvore e uma casa esculpida em um tronco de árvore
Jardim dos Sonhos é a porta de entrada do sítio. (Foto: Anelise Zanoni)

Fomos muito bem recebidas pelo proprietário, o seu Cilon, um ex-professor universitário apaixonado pelo próprio sítio. Ele nos mostrou com orgulho o lugar que administra juntamente com a esposa.

Além da visitação, o sítio funciona como pousada – que acomoda um casal –  e tem espaço para trilha, tudo com agendamento prévio. 

A trilha é temática e é chamada de Caminho de São Francisco, com  um percurso onde os peregrinos encontram 15 frases da oração do Santo. No final da caminhada, um sino é tocado para simbolizar o fim do percurso. 

foto de um pequeno presépio montado na natureza, com um galho de árvore e uma placa com uma frase
O sítio tem um presépio e frases espalhadas pelos arredores. (Foto: Anelise Zanoni)

Uma curiosidade: assim que entramos no sítio há uma placa com a cara de um bode. Ali quem está de mau humor pode amarrar “seu bode” antes de fazer a visita. Adoramos o recadinho!

Para realizar as atividades no local, é preciso fazer um agendamento pelos números (53) 98125-1428 ou (53) 99110-4695.

6. Sítio Amoreza

Com uma proposta diferenciada de turismo, baseada na sustentabilidade e no contato com a natureza, o Sítio Amoreza propicia uma experiência diferente ao visitante.

No local, não é permitido fumar nem trazer bebidas alcoólicas, e o almoço é sem carne.

O espaço conta com trilha, muitas paisagem naturais, uma cachoeira, lugar para fazer piquenique e área coberta para descanso.

sítio em meio à natureza, com banquinhos, flores, árvores e uma propriedade ao fundo
Sítio Amoreza tem lindos espaços em meio à natureza. (Foto: Anelise Zanoni)

O clima é bem familiar e aconchegante, pronto para receber famílias e crianças.

A visitação ocorre nas sextas e sábados, das 9h até o pôr do sol. O valor por pessoa é de R$ 20.

Nos domingos, o lugar tem almoço com agendamento prévio e que conta com opções diferenciadas e sem carne, como strogonoff de grão de bico, arroz, feijão e pizza de abobrinha.

ambiente interno com almofadas e janelas com vista para o verde
Espaço interno onde fica o restaurante do Amoreza. (Foto: Anelise Zanoni)

O cardápio é divulgado previamente nas redes sociais do Sítio Amoreza e o valor por pessoa é de R$ 45 (fevereiro/2021), com buffet livre, sucos e sobremesas inclusas.

O Sítio Amoreza está localizado na Colônia Afonso Pena. Para mais informações ou agendamento, o número é (53) 8478-2016. 

Onde se hospedar em Morro Redondo

Separamos duas opções de hospedagem em Morro Redondo, uma localizada no centro da cidade e outra no interior. Descubra:

Pousada da Cachoeira

Já imaginou um lugar que tem uma cachoeira inteirinha à disposição? Na Pousada da Cachoeira, esse sonho vira realidade!

paisagem com cachoeira, pedras e árvores
Uma linda cachoeira é a paisagem principal da Pousada. (Foto: Anelise Zanoni)

Com 10 casinhas charmosas para hospedagem, a Pousada tem um lindo e amplo espaço em meio à natureza, com churrasqueiras, parquinho, um lago e claro, uma cachoeira que abrilhanta toda a paisagem do local.

As acomodações comportam até 8 pessoas e custam a partir de R$ 250 (fevereiro/2021). Os apartamentos contam com banheiro, cozinha, sala com TV, lareira, ar condicionado e churrasqueira.

casa para hospedagem na Pousada da Cachoeira
Pousada conta com 10 charmosas casinhas para hospedagem. (Foto: Anelise Zanoni)
  • Endereço: Partindo de Pelotas, tem um trajeto de 37 km, que se divide em 33 km de asfalto e 4 km de estrada de chão
  • Fone: (53) 98404-2218

Hotel Fiss

No Centro da cidade, o Hotel Fiss é uma ótima opção para quem deseja uma hospedagem completa e com uma ótima localização.

vista da fachada do Hotel Fiss
Hotel Fiss fica localizado no Centro da cidade. (Foto: Anelise Zanoni)

O hotel conta com 7 apartamentos, com ar condicionado, tv, wi-fi e café da manhã incluso.  O valor é de R$ 230 a diária por casal.

  • Endereço:  Avenida Jacarandá, 30 – Centro, Morro Redondo
  • Fone: (53) 99988-7987 ou (53)3224-0451

Com todas essas dicas em mente, você já pode planejar a sua visita a Morro Redondo (RS).

Ah, se você quiser reservar hotel, entre no link do Travelterapia no Booking e ajude este projeto sem gastar a mais por isso.

Se você curtiu as dicas, comente abaixo e compartilhe este artigo com seu amigo viajante.

** Texto da jornalista Nicole Fritzen

** O projeto Viaje pela Costa Doce foi criado pela Way Content, agência de comunicação especializada em ações para o turismo. Tivemos a parceria do Sebrae/RS para a execução do projeto!

Comentários

comentários