Olivas de Gramado: parque na Linha Nova
25 de julho de 2019
Chapada dos Guimarães o que fazer
Chapada dos Guimarães: o que fazer e onde ficar
1 de agosto de 2019

O que fazer no Pantanal: passeios imperdíveis no roteiro

o que fazer no Pantanal

Tem dúvida sobre o que fazer no Pantanal, mas esse é um destino que você quer conhecer em breve?

Bem, essa é uma pergunta natural entre os viajantes que ainda não conhecem as belezas do Mato Grosso.

Afinal, a região tem muitos passeios em meio à natureza, já que se trata de um bioma riquíssimo quanto à fauna e à flora.

E como o Pantanal ainda é um destino pouco explorado pelos brasileiros (o que é uma pena!), algumas dicas são essenciais antes de fechar o roteiro.

E é justamente isso que você vai encontrar por aqui. 

Mas, afinal, o que fazer no Pantanal?

Nossa sugestão de roteiro inclui passeios de barco para observar onças-pintadas e cavalgadas durante o pôr do sol na mata!

Mas desde agora, nós garantimos: você não vai ficar sem ter o que fazer no Pantanal durante a visita.

Que tal conhecer nossas dicas e começar o planejamento da sua viagem? Vamos nessa, viajante!

Pantanal mato-grossense: destino com natureza e aventura

Se você busca um destino para estar em contato intenso com a natureza, o Pantanal mato-grossense é uma excelente escolha. 

Estamos falando de um bioma de 250 mil km quadrados, que abrange territórios do Brasil, Paraguai e Bolívia  —  52 mil km quadrados somente no Mato Grosso.

Sendo assim, fica localizado no coração da América do Sul.

Esse é o destino perfeito para observar a vida silvestre no continente.

Afinal, o bioma conta com cerca de 650 espécies de aves, mais de 260 peixes e mais de 80 mamíferos.

Além disso, lá se encontra um mosaico de ecossistema riquíssimo, com regiões de cerrado e floresta úmida, além dos rios presentes em diferentes áreas.

o que fazer no Pantanal
O Pantanal é um bioma rico em que você pode recarregar as energias em meio à natureza. Foto: Mariana Blauth

Pela diversidade que apresenta, o Pantanal é reconhecido como patrimônio da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Também é uma das maiores planícies alagáveis do mundo!

Devido a todas essas características, fazer um roteiro pelo Pantanal é uma mistura de ecoturismo, aventura, observação da fauna e da flora e imersão em paisagens exuberantes.

Nós fizemos essa viagem em junho de 2019 a convite do Programa Investe Turismo, do Ministério do Turismo, da Secretaria de Turismo do Estado de Mato Grosso e do Sebrae Mato Grosso.

Por isso, separamos as melhores dicas do que fazer no Pantanal para ajudar na elaboração do seu roteiro.

O que fazer no Pantanal: 3 passeios imperdíveis para incluir no roteiro

Há muitas opções quando o assunto é o que fazer no Pantanal.

Não tem problema, nós selecionamos três dicas de atividades que você pode realizar por lá.

Acredite: não é pouca coisa, porque você vai passar pelo menos algumas horas por dia na estrada, caso queira conhecer toda a região, desde o início da cidade de Poconé (MT) até o fim da Estrada Transpantaneira, em Porto Jofre. 

Por isso, quando estiver montando o roteiro, nossa dica é priorizar algumas atividades, principalmente se você tiver apenas dois dias para explorar o Pantanal. 

Veja quais são nossas sugestões!

1. Fazer um passeio de barco

Que tal se aventurar pelas águas espelhadas do Pantanal mato-grossense?

É uma atividade que não pode faltar no roteiro.

Várias pousadas na região oferecem essa opção. 

Durante o passeio, independentemente da pousada escolhida, você poderá observar a fauna.

Inúmeras aves (entre elas o tuiuiú, que é o símbolo do Pantanal), jacarés, antas e peixes estão entre os animais característicos da região.

o que fazer no Pantanal
O tuiuiú é a ave que simboliza o Pantanal. Foto: Mariana Blauth

Nós fizemos dois passeios de barco diferentes.

Um deles foi na Pousada Rio Claro, na cidade de Poconé, e foi uma excelente escolha.

Nossa dica é fazer a atividade durante o pôr do sol, para apreciar uma vista ainda mais bonita!

o que fazer no Pantanal
Pôr do sol do passeio de barco é esplêndido. Foto: Mariana Blauth

Como a atração é acompanhada por um guia local, você ainda receberá informações sobre o Pantanal e poderá, inclusive, observá-lo alimentando jacarés, que pulam bem perto do barco!

o que fazer no Pantanal
Olhem só: os jacarés pulam bem perto do barco. Experiência bem diferente! Foto: Mariana Blauth

Outra opção de passeio de barco fica no Hotel Pantanal Norte, em Porto Jofre, uma localidade dentro da cidade de Poconé.

A pousada oferece um percurso sobre as águas que tem quatro horas de duração, com entrada pelo Rio Cuiabá.

Nosso grupo fez um passeio nas águas do Pantanal para observar as onças-pintadas. Foto: Mariana Blauth

Lá o ponto alto do passeio é a observação das onças-pintadas.

Isso porque, em determinado estágio do percurso, é possível parar o barco às margens da mata, onde há probabilidade de você ver esses animais perambulando em busca de água e alimento  — sobretudo entre julho e outubro, na época de seca.

Dica: para esse passeio, leve binóculos.

Assim, você poderá observar as onças com mais detalhes!

o que fazer no Pantanal
Barcos param na metade do caminho para esperar pelas onças-pintadas às margens do rio. Foto: Mariana Blauth

Além disso, tenha na mochila alguns snacks e garrafa de água para aguentar o calor durante todo o percurso, já que se trata de uma atividade mais longa.

2. Fazer uma cavalgada para observar o pôr do sol 

Uma trilha na mata guiando um cavalo pantaneiro é uma aventura inesquecível no Mato Grosso.

Nossa sugestão é a cavalgada oferecida pela Pousada Piuval, em Poconé.

A atividade conta com um percurso de cerca de 1h30 e passa por dentro de uma mata fechada, em áreas alagadas e em campo aberto.

o que fazer no Pantanal
Eu não andava a cavalo há muito tempo, mas adorei sair da zona de conforto e me aventurar. Foto: Mariana Blauth

Nossa recomendação é que você inicie a trilha antes do pôr do sol, porque, na metade do caminho, é possível descer do cavalo para subir em um mirante de madeira.

Acredite: a vista do Pantanal com o pôr do sol ficará na sua memória depois do passeio.

o que fazer no Pantanal
Nosso passeio começou pouco antes do pôr do sol. Foto: Sarah Albrecht

Há outra razão para fazer a cavalgada nesse período.

É que na volta, quando você estiver percorrendo um campo aberto, terá uma vista privilegiada do céu.

Como não há luzes urbanas na região, que é inteiramente rural, a observação de estrelas fica muito mais intensa e chega a ser emocionante!

Você poderá apreciar não apenas diferentes constelações, mas também ver um pouco da Via Láctea  — uma experiência a que nem todas as pessoas têm acesso hoje em dia!

Sabe aquelas fotografias de céu estrelado que mais parecem uma pintura? 

Então, é disso que estamos falando!

Na Pousada Piuval, a cavalgada sai por 70 reais. 

Mas o local ainda oferece outras atividades: passeio de barco (veja aí, contempla o primeiro item do roteiro), safári e trilhas. 

3. Percorrer a Estrada Transpantaneira

A Transpantaneira é o principal acesso ao Pantanal e recebe o turismo desde o final da década de 1970.

É uma estrada de chão de 150 km de extensão que termina em Porto Jofre.

O ideal é fazer o trajeto de carro 4×4 ou van, já que a estrada é cheia de irregularidades.

o que fazer no Pantanal
Percorrer a Estrada Transpantaneira é uma atividade essencial no Pantanal. Foto: Mariana Blauth

Nossa dica é que você contrate uma agência de turismo ainda em Cuiabá (MT), pois é possível alugar serviço de van  — o que também inclui o acompanhamento de um guia credenciado.

Durante o percurso, o sinal de internet é praticamente inexistente, pois fica disponível por alguns trechos apenas.

Mas é uma oportunidade para desconectar e conhecer a região. 

Nós, por exemplo, tivemos uma experiência única: observar o nascer do sol na Transpantaneira, em meio ao Pantanal!

o que fazer no Pantanal
Este foi o nascer do sol que observamos durante a viagem na Transpantaneira. Foto: Mariana Blauth

Ao longo do trajeto, também tivemos a oportunidade de ver jacarés, diferentes aves e peixes.

É uma imersão completa no Pantanal mato-grossense!

Como visitar o Pantanal: dicas para facilitar a viagem

Viu como não faltam opções do que fazer no Pantanal?

Agora que você já sabe quais atividades não podem faltar no roteiro, é hora de conferir algumas dicas essenciais antes de embarcar em uma aventura na região.

Visite o Pantanal entre junho e outubro

Esse é o período de seca na região.

Portanto, a concentração de aves é maior  — não se esqueça de levar binóculos para observá-las de perto!

Além disso, a concentração de mosquitos é menor, o que faz toda a diferença em uma região pantaneira.

o que fazer no Pantanal
Ao fazer os passeios, você encontrará diferentes espécies de aves pelo caminho. Foto: Mariana Blauth

Aproveite o day use nas pousadas

Praticamente todas as atividades oferecidas no Pantanal podem ser feitas a partir de pousadas, que ficam localizadas em diferentes pontos da Transpantaneira.

É o caso dos passeios de barco e da cavalgada.

Mesmo que você não esteja hospedado nelas, pode fazer o day use: pagar uma taxa para desfrutar das instalações e realizar os passeios oferecidos por elas.

o que fazer no Pantanal
Aproveitei para curtir o ar da manhã na Pousada Piuval antes de começar o roteiro do dia. Foto: Mariana Blauth

Aproveite para fazer as refeições nas pousadas, pois poderá apreciar comida típica da região. 

Leve repelente, protetor solar e chapéu

Ao visitar o Pantanal, prepare-se para enfrentar o calor e o sol forte, principalmente entre junho e outubro.

Como todas as atividades são feitas ao ar livre, é obrigatório incluir repelente, protetor solar e chapéu na mochila.

Caso vá fazer o passeio de barco, também vale levar um casaco devido ao vento provocado pela velocidade.

Em qual pousada ficar?

Não é preciso ficar com receio na hora de escolher a sua estadia.

Em nosso roteiro, deu para perceber que as pousadas da região oferecem uma boa acomodação para receber os turistas.

Durante a nossa estadia no Pantanal, dormimos em dois estabelecimentos diferentes: Pousada Rio Claro e Pousada Piuval

Recomendamos ambas, pois oferecem um serviço qualificado, instalações confortáveis e várias atividades extras durante o dia.

o que fazer no Pantanal
Quarto na Pousada Rio Claro é espaçoso e confortável. Foto: Mariana Blauth

No Hotel Pantanal Norte, fizemos somente o passeio de barco, mas deu para ver que as instalações são ótimas  — e a pousada é lindíssima e cheia de natureza.

Colocando em prática essas dicas, temos certeza de que o seu passeio pelo Pantanal vai ficar ainda melhor.

E se você está pensando em viajar para o Mato Grosso, saiba que há outros destinos imperdíveis no estado.

Em nosso guia completo do Mato Grosso, sugerimos um roteiro de seis dias e ainda acrescentamos outras dicas para turistas.

E aí, você já tem uma viagem para o Pantanal agendada ou está buscando um roteiro inovador?

Compartilhe suas experiências e dicas com a gente nos comentários abaixo!


Texto de Mariana Blauth, jornalista e content creator apaixonada por viajar.

Comentários

comentários