Arroio Chuí, um banco, uma pessoa, pedras e areia
O que fazer em Santa Vitória do Palmar (RS): roteiro de praias e prédios históricos
11 de fevereiro de 2021
Vinícola Miolo cria degustação a 45 metros de altura
11 de fevereiro de 2021

Como é a hospedagem no Laghetto Viverone Rio Grande (RS)

fachada do hotel laghetto viverone rio grande

Fachada do Hotel Laghetto Viverone Rio Grande. (Foto: Divulgação)

O hotel Laghetto Viverone Rio Grande (RS) é uma excelente opção para quem busca conforto e tranquilidade.

O empreendimento, que é novo, foi inaugurado em 2018 e tem uma estrutura ampla, em estilo executivo. 

Passamos uma noite no hotel em janeiro de 2021 e já adiantamos que o local tem uma ótima e moderna infraestrutura e ambientes muito aconchegantes, ideais para o merecido descanso.

Se você quiser dar uma espiada nas tarifas e fazer reservas, você pode usar o link do TravelTerapia no Booking.

Quer saber como é a hospedagem no Laghetto Viverone Rio Grande (RS)? Então continue lendo!

Como é a recepção no Laghetto Viverone Rio Grande (RS)

Ao chegar no hotel, fomos bem atendidas por um segurança do local, que se disponibilizou a estacionar o carro e deu algumas instruções sobre a permanência no local.

O lobby do hotel é bem amplo e tem decoração moderna. Há cadeiras e sofás para quem precisa aguardar atendimento ou até mesmo descansar um pouco por ali.

Neste momento de pandemia, há diversos potinhos de álcool em gel para quem chega.

lobby do hotel laghetto, com sofrás, cadeiras e mesa de centro
Lobby do hotel tem uma decoração charmosa e espaço para descanso. (Foto: Divulgação)

Como são os quartos do Laghetto Viverone Rio Grande

Com 168 apartamentos, o hotel conta com 18 andares. Ficamos hospedadas em quartos com uma cama de casal, uma bancada, espaço para colocar as malas e vista para a cidade. 

Nosso quarto era no 15º andar. As acomodações são bem amplas e confortáveis, com uma decoração em tons claros e toque moderno. 

quarto do hotel, com uma cama de casal, telefone e mesinhas
Os quartos do hotel são novos, com decoração em tons claros. (Foto: Anelise Zanoni)

As acomodações também contam com frigobar, ar condicionado,Wi-fi e luminária.

Da janela do nosso apartamento podíamos avistar algumas ilhas de Rio Grande e a Lagoa dos Patos, um cenário lindíssimo principalmente no final do dia. 

vista para o centro de Rio Grande, com prédios, casas e a Lagoa dos Patos ao fundo
Vista do quarto do hotel, com a Lagoa dos Patos ao fundo. (Foto: Anelise Zanoni)

Uma das grandes vantagens do hotel é o atendimento gastronômico, que é feito pelo Restaurante Marco’s. Até o serviço de quarto conta com cardápio do famoso chef.

Jantar no Restaurante Marco’s

Fomos jantar no restaurante Marco’s, que fica no 5º andar do hotel. Especializado em frutos do mar, o estabelecimento é famoso principalmente pelos pratos à base de camarão.

Os pratos são servidos individualmente, com valores a partir de R$ 38.

Na noite, estávamos entre três pessoas, e cada uma pediu um prato diferente. Para a entrada, saboreamos um siri na casca, muito bem temperado.

Siri na casca, acompanhado por um vinho rosé
Para a entrada, pedimos um delicioso siri na casca. (Foto: Anelise Zanoni)

Provamos penne ao molho de camarão, linguado ao molho de camarões e também o camarão crocante – servido juntamente com risoto funghi –  que é o carro-chefe da casa. Para acompanhar, escolhemos vinho rosé.

camarão servido com risoto funghi
O camarão crocante é uma das especialidades da casa. (Foto: Anelise Zanoni)

Fomos muito bem atendidas e paramos para bater um papo com o Marcos, que é o dono do local, muito simples e atencioso.

foto no restaurante Marco's, com o proprietário do local
Batemos um papo com o Marcos, que é o proprietário do restaurante.

Para quem não gosta de frutos do mar, o restaurante também oferece várias opções de pratos e porções, como filés, hambúrguer, risotos e massas, além de sobremesas diversas.

Também tem a opção de room service, para os hóspedes que desejam comer sem sair do quarto. Achamos muito prático e, no fim do dia de trabalho, aproveitamos para pedir os pratos no quarto também!

linguado ao molho de camarões, acompanhado de um vinho rosé
Provamos um saboroso linguado ao molho de camarões, acompanhando de um vinho rosé. (Foto: Anelise Zanoni)

Café da manhã no Laghetto Viverone Rio Grande

No quinto andar, é servido o delicioso café da manhã. 

O buffet tem variadas opções, como cereais, bolos, pão de queijo, croissant, sanduíches prontos, ovos mexidos, variedade de frutas, queijo, salame, presunto e pães.

Tudo isso respeitando as regras de distanciamento e com o uso de luvas e máscara na hora de servir. 

Infraestrutura do Laghetto Viverone Rio Grande

Durante nossa estadia, fomos conhecer um pouco da estrutura do hotel. Ficamos encantadas com a cobertura, que fica no 18º andar.

Ali é possível observar a vista da cidade, e dá pra ter uma noção da imensidão de Rio Grande.

O espaço também é ótimo para quem deseja curtir um lugar de paz e tranquilidade e até fazer um happy hour, já que tem umas cadeiras bem confortáveis por ali.

cobertura do hotel, com mesas, cadeiras e vista para a cidade
Cobertura do hotel tem vista panorâmica para a cidade. (Foto: Divulgação)

Além disso, o hotel também tem academia, sauna seca, sala de massagem e um centro de eventos, tudo isso para proporcionar as melhores experiências para os hóspedes.

academia do hotel laghetto rio grande
Para quem gosta de praticar exercícios, o hotel dispõe de academia. (Foto: Anelise Zanoni)

Saímos do hotel revigoradas e pensando em voltar!

Se você quiser reservar o hotel, entre no nosso link do Booking.

Onde fica o Laghetto Viverone Rio Grande

O hotel está localizado a 300 metros do Centro da cidade, na Rua Aquidaban, número 703,  esquina com a Rua General Portinho.

O telefone para contato é (53) 3010-1062.

Reservas: Ao acessar o link do TravelTerapia no Booking, você pode fazer a reserva do quarto com poucos cliques a ainda ajuda o blog.

E aí, o que achou do Laghetto Viverone Rio Grande? Acompanhe outros artigos do blog para ficar por dentro de dicas de viagem e destinos imperdíveis que você precisa conhecer.

Texto: Nicole Fritzen

Comentários

comentários