12 Passeios ao ar livre nos Campos de Cima da Serra (RS)
14 de agosto de 2020
La Caceria: o restaurante do hotel Casa da Montanha
28 de agosto de 2020

Hotel Casa da Montanha: como é se hospedar no tradicional hotel de Gramado 

Localizado na avenida mais movimentada de Gramado (RS), o hotel Casa da Montanha é um ícone da cidade.

No alto de um terreno, o hotel revestido de madeira é mais que um lugar para hospedagem, porque se aperfeiçoa todos os anos para melhorar a experiência dos hóspedes.

Durante a pandemia, o desafio de encantar os clientes aumentou, e o hotel criou uma série de protocolos que agora fazem parte da rotina. Acreditem, algumas dessas novas obrigatoriedades deixaram o Casa da Montanha ainda mais especial!

Fiquei hospedada no hotel por duas noites em julhode 2020. Estávamos em um dos momentos mais críticos da pandemia, com bandeira vermelha na cidade de Gramado. Seguindo todas as recomendações do hotel, me senti super segura e também com a sensação de que o hotel estava bastante exclusivo.

Na verdade, nesta viagem percebi que se hospedar em um bom hotel pode ser um programa interessante neste período de pandemia, porque acabamos ficando mais tempo nas instalações e curtimos mais o hotel (em vez de o destino em si).

Neste texto vou contar um pouco sobre como é se hospedar neste tradicional hotel de Gramado (e em plena pandemia!).

Caso você já queira ver o valor das diárias no Casa da Montanha ou fazer uma reserva, pode acessar nosso link do Booking – Você não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente!

Check in no Casa da Montanha

O Casa da Montanha usa um sistema super prático de check in, que evita o contato com a equipe da recepção na hora da chegada. Dias antes de sair de casa, recebi um e-mail do hotel solicitando meus dados para o check in e, quando cheguei, só apresentei um documento e recebi a chave.

Apesar do distanciamento, uma coisa eles mantiveram: a taça de espumante para iniciar a hospedagem! O mimo de boas-vindas é um clássico da rede Casa Hotéis e chega em ótima hora, porque é o momento em que começamos a relaxar e a aproveitar a hospedagem.

Eu aproveitei para sentar perto da lareira e, em poucos minutos, recebi uma mensagem por Whatsapp com arquivos em PDF sobre os novos protocolos de segurança e também com os cardápios do café da manhã e do restaurante La Caceria. 

Neste novo momento, as principais informações do hotel são passadas por celular. Achei super prático e eficiente. 

Além do espumante, agora os clientes recebem também um pacotinho com máscaras e álcool em gel 70%.

Caso você queira ver o valor das diárias no Casa da Montanha ou fazer uma reserva, pode acessar nosso link do Booking – Você não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente!

Os quartos do Casa da Montanha

O hotel tem três categorias: suítes, suítes especiais e apartamentos. 

Cada uma das modalidades conta com decoração especial e artigos que oferecem a sensação de conforto e, claro, de “casa” – como diz o próprio nome do hotel. Alguns quartos têm banheira e alguns têm até sala de estar. 

Nosso quarto era um dos menores, mas bastante confortável. O que mais gostei foi a calefação: fazia muito frio nos dias em que estivemos lá e era uma felicidade chegar no quarto quentinho o dia inteiro!

Neste momento de pandemia e novos protocolos, as acomodações não recebem mais limpeza diária durante uma estada. Porém, o serviço pode ser solicitado em caso de necessidade. 

Todas as noites um funcionário usando máscara passava no quartos para dar um mimo de boa noite (um chocolate) e perguntava se a gente precisava de mais alguma coisa.

As áreas de lazer do Casa da Montanha

Com a ideia de que o hotel seja “sua casa na montanha”, o empreendimento remete à essa sensação de lazer e conforto em diversos ambientes. 

No térreo, onde fica a recepção, há salas amplas e bem decoradas para quem quiser simplesmente fazer nada e curtir a trilha sonora do hotel.

A decoração traz diferentes referências europeias e tem como ponto alto a grande lareira que costuma estar acesa boa parte do ano (até no verão pode eventualmente fazer frio na cidade!). 

O hotel tem também piscina térmica, sauna e área para crianças. Porém, com a pandemia, as atrações estão fechadas temporariamente. 

Um dos lugares mais interessantes para este momento é o deque do hotel, uma espécie de lounge com vários estofados e que é ótimo para um final de tarde.

Também estão disponíveis bicicletas para quem quiser aproveitar e fazer um passeio ao ar livre pela cidade.  

O café da manhã do Casa da Montanha

A primeira refeição do dia é sempre a que eu mais tenho expectativas. O café da manhã do Casa da Montanha costumava ser em formato buffet, mas agora é pedido à la carte. 

O novo modelo de café da manhã é novidade devido aos novo protocolos e acho que ficou bem mais charmoso!

Para ir até o café da manhã, primeiro você agenda o horário por meio de mensagem no celular e escolhe os itens na hora. Outra coisa bacana é que o café da manhã tem horário ampliado, das 7h às 13h (podendo até servir de almoço porque tem muitas variedades!).

Entre as delícias do café da manhã estão pães especiais, croissant de presunto e queijo, bolos, cucas, geleias, manteiga, mel e doce de leite, iogurte, cereais, queijos e charcutaria.

Há pratos especiais como omelete, ovo no pão, ovos mexidos, ovo estalado e a famosa torrada da montanha, feita com pão caseiro, presunto e queijo, tudo prensadinho na chapa!

Restaurante La Caceria do Casa da Montanha

Decorado com objetos que remetem ao mundo das caças, o restaurante La Caceria é o local que recebe o café da manhã do hotel durante o dia. À noite, funciona como um dos mais requintados restaurantes de Gramado, especializado em carnes nobres e de caça.

O restaurante é aberto ao público, mas quando estivemos lá estava exclusivo aos hóspedes devido à bandeira vermelha do município!

Fizemos um post especial sobre o restaurante e contamos como foi nossa experiência durante o jantar. Acesse aqui!

A história do Casa da Montanha

Quem passeia pela famosa Avenida Borges de Medeiros encontra o Hotel Casa da Montanha com facilidade.

 Pertinho de atrações como Rua Coberta e Palácio dos Festivais, o hotel foi fundado por Jayme Prawer, um visionário que criou a primeira fábrica de chocolates caseiros do Brasil e que leva seu sobrenome. Na época em que inaugurou o hotel, em 1997, uma das grandes inspirações do empresário era a cidade argentina de Bariloche.

Os novos protocolos do hotel

Fizemos uma listinha para vocês conhecerem os novos protocolos do hotel Casa da Montanha. A regras ajudam a garantir a segurança dos hóspedes e também da equipe que trabalha no hotel

Segurança nos quartos

As acomodações não recebem mais limpeza diária durante a estada. Porém, o serviço pode ser solicitado em caso de necessidade.

Todas as noites um funcionário passa nos quartos e pergunta se você precisa de mais alguma coisa (pode ser o momento de solicitar toalhas novas, por exemplo). Depois das hospedagens, todos os quartos passam por um sistema de limpeza mais criterioso.

Minibar dos quartos

Os itens do minibar são cortesia, o que evita que a gente fique solicitando o serviço.

Café da manhã

Agora é todo à la carte, o que deixou a experiência mais charmosa, na minha opinião.

Você agenda o horário e escolhe os itens. O café da manhã tem horário ampliado, das 7h às 13h.

Restaurantes

Todos os menus do restaurante são enviados virtualmente, o que agiliza na hora de fazer o pedido para o garçom, porque você já sabe o que a casa oferece.

Regras gerais

É obrigatório uso de máscara e álcool gel no hotel (os dois produtos são oferecidos pela equipe durante a hospedagem).

Reservas no Casa da Montanha, em Gramado (RS)

Caso você queira fazer uma reserva no hotel Casa da Montanha, em Gramado, pode usar nosso link do Booking.

Você também pode gostar destes conteúdos

Guia completo para visitar Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul

O lindíssimo piquenique no Parque Olivas de Gramado

É seguro fazer um passeio de Bus Tour pelas cidades de Gramado e Canela?

Conheça o Hotel Wood, em Gramado, da mesma rede do Casa da Montanha.

Comentários

comentários