Cambará do Sul: cânion do Itaimbezinho e Fortaleza
2 de outubro de 2019
O que fazer em Maquiné: festival de música MECAMaquiné une natureza e cultura
9 de outubro de 2019

Todos os anos, o frio que faz em São José dos Ausentes, daqueles de arder o corpo, é notícia. 

Na maioria das vezes, as temperaturas negativas surgem no inverno, quando a geada e a neve aparecem com frequência. 

Mas com as mudanças abruptas do tempo, até no verão a pequena cidade a 1.200 metros do nível do mar fica conhecida pelas baixas temperaturas.

O que ainda se conhece pouco, entretanto, é a quantidade de atrativos naturais que o destino tem.

Esta é a vista geral que temos do Pico Montenegro!

Localizado no extremo nordeste gaúcho e a 50 quilômetros de Cambará do Sul, a cidadezinha tem pouco mais de 3 mil habitantes, boa parte deles espalhados em fazendas e em pequenos povoados. 

Embora boa parte do trajeto de Cambará do Sul a São José dos Ausentes ainda seja feito em estrada de chão, vale a pena programar a viagem, porque são dois municípios bem diferentes!

Tudo por lá parece girar em torno do mundo rural, e o turismo, embora com gigante potencial e sendo protagonista de novelas e seriados da TV Globo, anda a passinhos lentos.

Antigamente, a Fazenda dos Ausentes, como era chamado o município, foi o maior latifúndio do Estado, abrangendo uma área acima de mil quilômetros quadrados. Neste terreno também despontam paredões de cânions, que têm por volta de 100 quilômetros e fazem divisa com o estado de Santa Catarina. 

Pico do Montenegro

Nesse cenário sem pressa e conectado com a natureza, São José dos Ausentes tem um dos lugares mais conhecidos: o Pico do Montenegro. Lá está o ponto mais alto do Rio Grande do Sul, com 1403 metros. 

Para chegar, é preciso ir de carro ou no lombo de um cavalo. 

Os paredões de pedra de São José dos Ausentes também são lindos!

A entrada na porteira é livre. Embora esteja dentro de uma propriedade privada, o entra e sai é comum e sem custo.

Pelo caminho rumo ao pico e ao cânion que leva o mesmo nome, campos verdes e dourados balançam com o vento constante

O monte com o ponto mais alto do Estado é coberto de árvores, e quem tem ânimo pode subir até lá.

Para os que fazem a trilha pela área do cânion, sem perceber, estão caminhando pela borda do despenhadeiro. 

É preciso cuidado especialmente quando o tempo vira e a neblinha toma conta. Ao percorrer a margem dos cânions percebemos a imensidão do conjunto de paredões de pedra e vegetação. 

Essas são as porteira que dão acesso aos cânions.

Por vezes, é comum uma vertigem diante de tanta natureza embaixo dos pés. Como todos os cânions da região, o indicado é fazer a visita pela manhã, para aproveitar mais a visibilidade.

Além do Montenegro, também podem entrar para a listinha de visitas o cânion o Boa Vista, localizado dentro da Pousada Ecológica dos Canyons, e o Amola Facas, que tem uma cachoeira com 241 metros de altura.

Temperatura em São José dos Ausentes

O município é realmente o mais frio do Rio Grande do Sul. 

Nossa dica é sempre conferir antes da viagem a previsão do tempo, porque até mesmo no verão pode haver mudanças na temperatura. 

Estava BEM FRIO quando visitei a região!!

No inverno é comum temperaturas negativas e até mesmo neve!

Outro fenômeno interessante é a geada, que costuma aparecer por lá nas madrugadas e deixa a grama branquinha até as primeiras horas da manhã!

Roteiro de 4 dias por São José dos Ausentes e Cambará do Sul 

Organizamos um roteiro para você aproveitar as duas cidades e também os vários cânions que existem na região dos Campos de Cima da Serra, no Rio Grande do Sul. 

Fiz todo o percurso num 4×4, o mais indicado para estradas da região montanhosa.


Dia 1 – Cambará do Sul

Parque Nacional dos Aparados da Serra e visita ao centrinho de Cambará do Sul. Aproveite para jantar em um dos restaurantes da região.

Dia 2 – Cambará do Sul

Parque Nacional da Serra Geral e Passo do S com Cascata dos Venâncios

Dia 3 – São José dos Ausentes

Pico e cânion do Montenegro

Indicamos hospedagem na região, já que a viagem entre Cambará do Sul e São José dos Ausentes é longa devido à estrada de chão (cerca de 50 quilômetros).

Dia 4 – São José dos Ausentes

Aproveite para curtir as atrações de sua pousada, que geralmente incluem passeios próximos e cavalgadas.

Reserve seu hotel em São José dos Ausentes ou Cambará do Sul 

Em Cambará do Sul há mais opções de hospedagens, por isso indico que pesquise hotéis ou pousadas por lá também. Veja algumas sugestões:

Cambará Eco Hotel ( as tarifas custam a partir de R$ 366).

Parador Casa da Montanha (é inspirado nos lodges africanos, e tem 3 tipos de hospedagem, que partem de R$ 466).

Pousada Corucacas (a pousada tem um programa completo de imersão e tem tarifas a partir de R$ 250 o casal).

Morada dos Canyons (uma hospedagem de luxo com tarifas a partir de R$ 955). 

Leia mais sobre os cânions no RS

Separar alguns dias para conhecer Cambará do Sul é fundamental! A cidade também possui paisagens deslumbrantes. Confira aqui um roteiro de 4 dias!

Confira aqui nossa experiência nos famosos Cânions do Itaimbezinho e Fortaleza!

Quer curtir a noite em Cambará do Sul? Descubra o pub vintage Máquina do Tempo!

Comentários

comentários