Dica de bar em Porto Alegre: Sobrado 366
19 de dezembro de 2018
Chapada dos Veadeiros no Carnaval: viagem das sete mulheres
9 de fevereiro de 2019

Onde ficar em Gramado: 5 razões para amar o Hotel Wood

Escolher onde se hospedar em Gramado pode ser um desafio até para os viajantes mais experientes. A grande quantidade de hotéis e a variedade de imóveis do destino podem deixar dúvidas na hora da escolha.

Só que quem deseja reunir os quesitos hospedagem de luxo + design precisa conhecer o Hotel Wood, aberto no último mês de novembro.

Nossa hospedagem ocorreu quase um mês após a inauguração e, mesmo em soft open, o local deixou uma excelente impressão, porque realmente se preocupa com a experiência do cliente e tem um ótimo custo-benefício – as diárias partem de R$ 400 e vocês pode dar uma espiada aqui no Booking . São muitos os adjetivos do hotel que fazem a gente se apaixonar. Então, vou listar 5 razões pelas quais me encantei.

  1. O hóspede se sente cuidado

Para mim não existe luxo maior que chegar em um hotel e sentir-se cuidado.

Logo no check in (feito online e conferido pessoalmente na chegada), uma xícara de café Nespresso ou água saborizada são oferecidos. Aproveitei o momento para percorrer o lobby e admirar os detalhes da decoração, que tem foco no design – e quase tudo tem como matéria-prima a madeira.

Ao entrar no quarto ainda havia um bolinho e um recado pra gente, comprovando a ideia de que mimar o cliente é garantia de que ele sempre se lembrará da marca e ainda a indicará aos amigos e familiares!

2. A gastronomia tem personalidade

A parede repleta de folhagens e o telhado de vidro dão a sensação de que o restaurante é, na verdade, um jardim de inverno.

É nesta área que são servidos o café da manhã e o jantar (aberto também para quem não está hospedado). Os cardápios são assinados pelo famoso chef Rodrigo Bellora, que já foi bastante premiado com suas criações no restaurante Valle Rústico, de Garibaldi.

Pela manhã os itens são dispostos nos balcões e ficam por lá até as 11h (ótimo para quem quer dar uma esticada na cama) . Entre as variedades estão mais de seis tipos de queijo, frutas, sucos, pães, bolos cuidadosamente cortados e um cardápio lindo para iniciar o dia com 6 opções à la carte.

Escolhi o brioche com ovo mollet e panceta frita, que vieram em apresentação impecável, com direito a pétalas de florzinhas para contrastar as cores e ovo no ponto perfeito.

Não tive a oportunidade de jantar por lá, mas soube que é um local super recomendado e tem como princípio o slow food – que é um movimento que tem  o objetivo de aproveitar cada refeição, sem pressa!

3. Localização privilegiada

O hotel Wood é privilegiado porque está bem no centro de Gramado, em uma rua na frente do McDonalds. Hospedar-se em um ponto estratégico é uma grande vantagem, porque o trânsito na cidade não tem sido muito amigável e estacionar por lá também é um grande desafio.

Ou seja, você pode fazer muita coisa a pé ou usando meios de transporte alternativo, como o Bustour (que já falamos aqui no blog)

4. Foco na experiência do cliente

Todos nós influenciamos amigos e familiares quando o assunto é viagem, e o hotel Wood está bem atento a isso, porque faz com que o hóspede tenha muitas experiências positivas ao longo da hospedagem.

A primeira delas é a chave do quarto. Os cartões – iguais a milhares de outros existentes em hotéis – são entregues dentro de uma tag de mala feita em couro. E que pode ser utilizada em outras viagens por aí.

À noite, a camareira visita os quartos. Entrega chocolates de boa noite e uma garrafa de vidro quadrada cheia de água. Achei demais!

E quando a gente acha que terminou, tem ainda roupões e chinelinhos personalizados pela marca para serem utilizados pelo dormitório.

5- Design assinado por artistas gaúchos

O hotel tem 23 quartos distribuídos em 4 andares com nome de árvores, mas o primeiro impacto que temos ocorre ao ingressar no lobby do Wood. Logo na entrada, a imagem de uma árvore impressa no chão dá as boas-vindas.

A Árvore da Hospitalidade é assinada pelo artista Renan Santos e impressiona devido aos detalhes que tem.

Mais adiante, vemos no teto pedaços de madeira de diferentes tamanhos, que  fazem uma composição que chama muito a atenção.

Na lareira, um painel texturizado de madeira  é assinado pela artista plástica Heloisa Crocco. O tapete artesanal do ambiente, que leva lã de ovelha, surgiu das ideias de Inês Schertel.

Gostou do Hotel Wood?

Faz a reserva com a gente, pelo nosso link do Booking. Só clicar aqui!

HOTEL WOOD

Mario Bertolucci, 48, Centro de Gramado

fone:  (54) 3295-7575

LEIA MAIS

Gramado: onde a neve aparece durante a noite

Comentários

comentários