Punta del Este, Uruguai: a arte de aproveitar a vida
20 de janeiro de 2018
Como é se hospedar na Posada La Viuda de José Ignacio
31 de janeiro de 2018

José Ignacio, no Uruguai: o que fazer no destino

Foto: Anelise Zanoni

José Ignacio, no Uruguai, é um destino onde a pressa não faz parte do vocabulário.

A cerca de 40 quilômetros de Punta del Este, lá prédios altos são proibidos, e lojas e restaurantes funcionam basicamente entre a primavera e o verão.

Afinal, em José Ignacio, a regra é deixar apenas o vento correr, como gostam de dizer alguns moradores de lá.

Quer saber como você pode curtir a o balneário de José Ignacio, no Uruguai? Então, continue a leitura!

Foto: Anelise Zanoni

O que fazer em uma visita a José Ignacio, no Uruguai

Os ventos que sopram na região passam pela vizinha Punta.

Por isso, a pequena cidade se transformou em refúgio de pessoas com grana que querem exclusividade.

Ou, pelo menos, virou opção para fugir do turismo de massa.

Com clima descompromissado e informal, José Ignacio conquistou fama devido ao estilo rústico chique e descolado e ao tratamento VIP aos visitantes.

E é fácil se sentir especial no balneário.

Veja algumas atividades que o destino oferece.

Foto: Anelise Zanoni

Relaxar na praia

Antiga aldeia de pescadores, a praia tem ruas de terra clarinha, muitas delas sinalizadas por placas de madeira.

Assim como Punta del Este, abriga uma Playa Mansa e uma Playa Brava.

Só que, às margens do Oceano Atlântico, José Ignacio tem dunas e campos próprios para cavalgadas, algumas praias rochosas e de água fria e fazendas escondidas.

Conhecer paradores

Perto do mar estão paradores como La Huella e La Susana, que reúnem o jet set internacional.

Além disso, têm serviço com direito a chefs renomados e baldes de champagne francesa Veuve Clicquot, Möet e Dom Pérignon.

Aproveitar a estrutura hoteleira

Na rede hoteleira, os resorts são banidos e dão espaço a pousadas e hotéis boutique que capricham na decoração e no atendimento.

Uma boa opção é a Posada La Viuda, que oferece quartos com vista para o mar, obras de arte e café da manhã reforçado.

José Ignacio Uruguai

Foto: Anelise Zanoni

Curtir a vista do Farol de José Ignacio

Para turistar, há o Farol de José Ignacio, que fica a cerca de 30 metros do nível do mar e foi construído para evitar naufrágios na região.

Chegar ao topo exige cerca de R$ 3 e uns 110 degraus de escada estreita.

Do alto, a vista compensa: a paisagem mostra as praias Mansa e Brava.

Noah amou o passeio. Foto: Anelise Zanoni

E, para quem prefere não subir, em frente ao farol inicia um caminho com piso de madeira sobre rochas.

José Ignacio Uruguai

Foto: Alan Birck

Apreciar arte

Devido à relação com a paisagem da praia, José Ignácio transformou-se em inspiração para artistas e em pólo artístico, no qual galerias exibem acervos contemporâneos e de bom gosto.

Na Los Caracoles, o trabalho pioneiro de Miguel Zerebny e Sebástian Manuelle com mais de 80 artistas tem rendido reconhecimento internacional e arrebanhado turistas.

A galeria Las Misiones é outra opção de passeio para quem deseja se perder pelo mundo da arte. 

Como dá para ver, tem bastante opção para curtir alguns dias leves e descompromissados em José Ignacio.

Se você já foi para lá ou pensa em conhecer, deixe um comentário abaixo!

  • Parte do conteúdo desse especial que fizemos sobre o Uruguai foi publicado no jornal Estadão. Clica aqui pra dar uma espiada!

LEIA MAIS

Punta del Este: a arte de aproveitar a vida

Punta del Este: restaurante Ramona é novidade na Gorlero

Casapueblo: o pôr do sol como despedida

Comentários

comentários