Praia do Cassino: como é a maior praia do mundo
6 de junho de 2020
Piquenique em Gramado: conheça o parque Olivas de Gramado
19 de julho de 2020

Circuito do Ouro: 4 roteiros para descobrir Minas Gerais

Para os apaixonados por história, arquitetura, natureza e gastronomia, vai aí uma dica incrível de roteiro turístico: Circuito do Ouro, em Minas Gerais. A região foi berço da Inconfidência Mineira e também é conhecida pelo pelo ciclo do ouro. Por isso, é um local de muita história, lendas e referência em arquitetura!

Por lá é possível saborear os pratos típicos da cozinha mineira e se aventurar pela natureza entre trilhas e cachoeiras. Os eventos religiosos também são famosos na região durante o ano inteiro, como, por exemplo, a Semana Santa.

Ao todo são 15 cidades que fazem parte do Circuito do Ouro, que foi dividido em 4 roteiros com 10 rotas temáticas para descobrir Minas Gerais de maneira fácil. Portanto, é uma região que atrai público de todas as idades e gostos.

O mapa do Circuito do Ouro é dividido entre as 4 possibilidades de roteiros para os turistas. (Foto: Site Circuito do Ouro)

Roteiro ENTRE SERRAS DA PIEDADE AO CARAÇA

É formado pelos municípios de Caeté, Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas.O roteiro proporciona experiências por meio de rotas religiosa, gastronômica e ecológica. É ligado por dois ícones religiosos: os santuários da Piedade e do Caraça. Por isso, as tradicionais celebrações religiosas, típicas do interior de Minas, podem ser vivenciadas neste roteiro. 

Para quem curte natureza, é um dos melhores roteiros, já que são 7 cachoeiras para serem exploradas. Além disso, o sítio arqueológico da Pedra Pintada e da Reserva da Biosfera da Serra do Espinhaço também fazem parte do roteiro.

A igreja foi construída em estilo barroco.
Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso na cidade de Caeté. Foto:
Venâncio Carreira

Roteiro ENTRE CENÁRIOS DA HISTÓRIA

Agrupa os municípios de Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana. As cidades foram palco de momentos importantes para a história de Minas Gerais durante o ciclo do ouro. Para quem deseja imergir na culinária mineira é o lugar certo, pois são diversos restaurantes tradicionais.

Além disso, o roteiro é um verdadeiro mergulho no passado e traz fortes elementos arquitetônicos. São muitas igrejas e capelas para serem visitadas, ou seja: Fotos lindas estão garantidas. Os museus também são destaque neste roteiro, como o Museu do Aleijadinho e o Museu da Inconfidência.  Certamente é um passeio enriquecedor.

Ouro Preto enche os olhos dos apaixonados por arquitetura! Foto: Arquivo pessoal Anelise Zanoni

Roteiro ENTRE TRILHAS, SABORES E AROMAS

Nesse roteiro você vai conhecer Minas Gerais muito além do pão de queijo e das montanhas, circulando por rotas gastronômica e ecológica. Rio Acima, Itabirito, Nova Lima, Sabará e Raposos são as cidades que integram a rota. Por isso, espere por uma verdadeira experiência para o paladar com o melhor de Minas Gerais.

Para quem busca por cachoeiras, é o ideal, já que são 12 cachoeiras, ao todo.
Os praticantes de trekking ainda podem explorar trilhas e conhecer parte da Estrada Real. Além disso, belas igrejas são encontradas no roteiro, bem como teatros e o Museu do Ouro.

Uma fina cachoeira cai por cima de pedras que estão envoltas pela vegetação. É um dos atrativos do Circuito do Ouro.
A cachoeira Tinta Roxa fica na cidade de Rio Acima.

Roteiro ENTRE RURALIDADES E PERSONALIDADES

As rotas das personalidade e do tropeirismo estão presentes neste roteiro, que passa pelas cidades de Itabira e Nova Era. As vivências das grandes personalidades e dos tropeiros, bem como do barroco e da contemporaneidade, podem ser apreciadas.

Por lá é possível conhecer fazendas e casarões que fizeram parte da história da região. Da mesma forma, a história dos tropeiros também está presente no roteiro. Eles se destacaram na história de Minas Gerais por fazer o comércio de alimentos, de mulas e de cavalos entre as regiões sul e sudeste.

Fazenda do Pontal, na cidade de Itabira.

Conheça mais sobre o roteiro no site www.circuitodoouro.tur.br e o Instagram @circuitodoouro

Você também pode gostar deste conteúdo

Comentários

comentários