Conexão amor > Curitiba > Porto Alegre
7 de junho de 2017
Acabou o namoro? Não chore, viaje!
9 de junho de 2017

A viagem que eu e meu marido Jeison Karnal fizemos em 2014 para o Machu Picchu, no Peru, além de ter sido uma Travelterapia foi o momento em que oficializamos nossa união. Nos conhecemos em 2003 e desde 2011 morávamos juntos. Mas foi na viagem que trocamos alianças e nosso casamento foi a 2.438 metros acima do nível do mar!

A ideia de celebrar nosso amor lá veio de um sonho. Sempre quis conhecer o local. Então surgiu uma oportunidade e, por que não oficializar nosso amor lá? Foram 6 meses planejando a viagem também para Cusco e Lima – cidades que normalmente os turistas conhecem ao fazer o caminho para Machu Picchu.

Foto: Arquivo Pessoal

A família entendeu nossa decisão de celebrar apenas nós dois e viajando, que é algo que amamos. Minha mãe só fez questão de comprar nossas alianças, para fazer parte daquele momento de alguma forma.

O pedido foi uma mistura de emoções. Em meio aos turistas, com aquelas construções de tirar o fôlego, mascando folha de coca, com o infinito nas nossas costas!

Na hora foi muito engraçado porque eu coloquei um tripé para fotografar o momento, uma turma de japoneses ficou impedindo os demais turistas de passarem para não atrapalhar a foto que eles esperavam ser tirada. O que eles não sabiam é que o que iria acontecer era nosso casamento! Então, no momento em que as alianças apareceram, ouvimos em coro um “ohhhhhhh” da turma de turistas!

Foto: Arquivo Pessoal

Foi lindo e cheio de energia. A escolha do lugar também se deu pela energia e força que aquele lugar carrega. Isso tinha muito a ver com a gente como casal. Nós nos envolvemos demais com a viagem, pesquisamos muito e conhecemos os hábitos do pessoal de lá antes de ir. A história nos marcou muito e acabou tendo muito a ver com nosso relacionamento

Foto: Arquivo Pessoal

Prova de amor pós casamento

No nosso último dia de viagem, estávamos em Lima quando tivemos a primeira prova da força do nosso relacionamento como casados. Eu adoeci. Me sentia muito mal e quando chegamos no hostel que tínhamos planejado, ele estava lotado.

O Jeison ficou muito nervoso e preocupado porque eu não estava nada bem, mas saiu sozinho na cidade atrás de outro local para nos hospedarmos.

Em poucos minutos, ele voltou com um hostel definido. Pegou as malas e as carregou (junto comigo!) até a nossa hospedagem. Ele mostrou tanta força, cuidado e atenção comigo naquele momento que eu tive certeza da nossa escolha.

Já disse pra ele o quanto esse momento me marcou, porque naquela ocasião eu precisava exatamente dessa força que ele me deu!

* Relato de Helena Lima, portoalegrense que teve um casamento-viagem cheio abençoado e cheio de energia positiva em Macchu Picchu, no Peru.

** Se você também viveu um momento de viagem desafiador,  junte-se a nós! Queremos formar uma rede de pessoas transformadas pelas experiências de vida que só as viagens proporcionam.  Mande seu relato de viagem para travelterapia@waycontent.com! Vamos adorar conhecer e compartilhar.

Comentários

comentários