Gramado: conheça o Festival de Cultura e Gastronomia
11 de setembro de 2018
Coisa de gaúcho: o que fazer no Rio Grande do Sul (RS)
17 de setembro de 2018

Canela (RS): Diversão e aventura no Alpen Park

Gramado e Canela moram no coração do TravelTerapia. Aqui, nós já falamos sobre espetáculos teatrais, parques, restaurantes, hotéis e muito mais para se visitar por lá. Hoje, a dica é para quem está por Canela e busca muita diversão, aventura e adrenalina.

O Alpen Park vem se consolidando nos últimos anos como um dos melhores parques do Brasil e até mesmo da América Latina. O parque fica bem perto do centro de Canela – cerca de 3km da Catedral de Pedra – e tem uma área verde com mais 60 mil m². Para quem não tem acesso ao carro, pode-se ir de Bustour (nesse post explicamos mais sobre o serviço).

Elevador é para quem gosta de brinquedos radicais. | Divulgação

Ao total, são 13 atrações para todos os gostos e idades. Nós recomendamos que guarde uma tarde inteira (no mínimo) para visitar o local. Apesar das atrações geralmente serem rápidas, dependendo do dia da semana, o parque pode estar cheio e ter bastante filas.

Não há nenhuma cobrança para entrar no parque, mas  cada brinquedo tem um valor individual de ingresso. A dica nesse caso é ir de passaporte, que concede o direito de ir em seis brinquedos diferentes quantas vezes você quiser. No site do Alpen Park, é possível ganhar desconto ao comprar os ingressos antecipadamente.

Alpen Blizzard, a montanha russa do local, causa emoção na medida certa. | Divulgação

Para os que curtem aventura, o arvorismo, a tirolesa, a montanha russa e o elevador são super indicados! Eles ganham destaque como os brinquedos mais radicais do parque. Mas não se engane, as atrações também contemplam quem busca um passeio mais leve.  A dica é apostar no cinema 4D, no Alpen Interactive, no Mini Rider e no bate-bate. Além deles ainda existe o espaço para crianças no Alpen Kids e o Quadriciclo que agrada toda a família.

Alpen Kids é novo espaço para crianças no parque. | Divulgação

Como chegamos no meio da tarde, optamos por apenas alguns brinquedos para aproveitar no parque. Abrimos o passeio com a Tirolesa e garantimos que é diversão absoluta. O percurso conta com duas descidas: a de ida, que conta com 190 metros e fica a mais de 50m de altura e a de volta, que fica 40m de altura e é um pouco mais curta, tendo 110 metros de comprimento.

O melhor de tudo, com certeza, é a vista para o vale durante a descida. A soma da paisagem com a velocidade nos deixa sem fôlego. Depois, foi a vez de experimentar a Alpen Blizzard, a montanha russa do local. Apesar de não ter nenhum looping, a sensação de frio na barriga também está lá.

Casinha no meio dos montes marca final da tirolesa

O nosso favorito, sem dúvida, foi o Trenó Alpino. Em quase um quilômetro de descida, vimos belas paisagens e a natureza exuberante do parque de dentro do carrinho. A única coisa ruim dessa atração é que ela acaba rápido.

Não estouramos o limite dos 40 km/h no Trenó Alpino!

Queríamos ir ao cinema 4D, mas não conseguimos devido às filas do trenó. A dica é ficar de olho nos horários das sessões e se programar com antecedência. Para quem pensa em ficar um dia todo por lá, saiba que há muito a se fazer. O espaço conta com lojas de souvenirs, caricaturas, fotografias e diversas lancherias.

 

 

LEIA MAIS

Gramado: Parque Tomasini, um local para curtir com a família

 

 

Comentários

comentários