Hotel Enjoy Punta del Este é a cidade do entretenimento no Uruguai
31 de janeiro de 2018
Onde ficar em Punta del Diablo: conheça a Posada la Viuda
31 de janeiro de 2018

Vinícolas no Uruguai: conheça a Bodega Garzón e outras dicas

Foto: Divulgação

Os amantes do vinho ficarão felizes ao saber que as vinícolas no Uruguai são uma das principais atrações do país.

E quem não gosta de aliar turismo com um bom vinho, não é mesmo?

Pensando nisso, eu trouxe algumas dicas de vinícolas no Uruguai que são encantadoras e perfeitas para um passeio.

Eu visitei uma delas, a vinícola Bodega Garzón, e neste post falo especialmente da minha experiência por lá.

Mas também listei algumas outras vinícolas uruguaias para quem tiver interesse. Então, que tal conferir as dicas?

Vinícolas no Uruguai: conheça a Bodega Garzón

Em uma zona privilegiada do Uruguai, próxima a Punta del Este, La Barra e José Ignacio, a vinícola Bodega Garzón reúne inúmeros predicados.

Por isso, merece um dia inteiro de visita.

Primeiro, vale destacar o impacto inicial, que ocorre depois que se estaciona o carro.

Afinal, um grande prédio moderno e de linhas retas se destaca no horizonte.

Há também um caminho para pedestres, protegido por um ripas de madeira e cercado de água pelos dois lados.

Esse trajeto leva o público para a área de convivência e restaurante.

Chegando ali dentro, o deslumbramento é inevitável: janelões e uma sacada dão vista completa para os campos.

Foto: Divulgação

Mas, afinal, como surgiu a vinícola?

Geralmente existe uma história familiar por trás dessas regiões de vinho.

Nesse caso, a beleza de Garzón deve-se ao faro empreendedor do casal argentino Alejandro Bulgheroni e Bettina.

Em 1999, eles conheceram a região e a compararam com a Toscana.

Depois do primeiro encontro, sonharam em produzir azeites e vinhos.

vinícolas no Uruguai

Winery

Então, a vinícola foi inaugurada oficialmente em março de 2016, e hoje é considerada a primeira bodega sustentável construída fora da América do Norte.

Desde a inauguração, produz vinhos de alta qualidade devido ao solo da região e à brisa do mar.

Da adega saem exemplares de balastro, uma mistura premium com o melhor das uvas da região, tannat, pinot noir e pinnot noir rosé, albariño, pinnot grigio, entre outros.  

Foto: Divulgação

Experiências fortes

É cedo da manhã e, aos poucos, um balão é inflado e vai trazendo colorido aos extensos campos verdes.

Então, em alguns minutos, o globo está vivo no ar e repleto de turistas prontos para viver uma das experiências da Bodega Garzón.

vinícolas no Uruguai

Foto: Divulgação

O passeio a mais de 300 metros percorre áreas onde são plantadas oliveiras e amendoeiras.

Depois, se encerra em solo firme, com a degustação de azeites de oliva extra virgem e vinhos.

Além disso, pães e queijos completam a experimentação.

E para acompanhar o fortalecimento da marca, a vinícola criou programas que percorrem vinhedos, campos de oliveiras, adega e fábrica de elaboração de azeite de oliva extra virgem.

Entre as atrações, estão visitas guiadas, passeios de carruagem, piquenique entre oliveiras e colheita manual de azeitonas.

Apesar disso, para os aventureiros, o passeio de balão é o literalmente o ponto alto das atividades, mas depende sempre das condições do clima.

Foto: Divulgação

Gastronomia peculiar

Você vai se surpreender com a gastronomia – e tem coisa melhor do que isso?

Afinal, o intuito da Bodega Garzón é valorizar ainda mais a combinação entre vinho e refeição bem elaborada.

Por isso, o restaurante tem cardápio que inclui pratos tradicionais com produtos frescos de cada estação distribuídos em dois menus.

O primeiro deles é o Estate e custa 2.250 pesos uruguaios (cerca de R$ 248).

Inclui entrada, segundo paso, prato principal e sobremesa.

Eles podem surgir nas opções cordeiro braseado, batata doce laranja, hortelã e iogurte e flan com sorvete de caramelo.

Ou seja: tem opções para todos os gostos.

Já na versão Reserva, o cliente paga 3.100 pesos uruguaios (cerca de R$ 340) e aproveita especialidades como empanadas de cordeiro, filé mignon nas brasas, creme de alho assado, quinoa crocante e mix de folhas

vinícolas no Uruguai

Foto: Divulgação

Serviço

Estrada 9, Km. 175 – Garzón,

Departamento de Maldonado, Uruguay

Veja informações adicionais no site da Bodega Garzón.

Dicas de vinícolas no Uruguai para conhecer

A Bodega Garzón é uma excelente opção.

No entanto, a verdade é que existem diversas vinícolas no Uruguai que valem a visita. Por isso, destaco outras três opções abaixo.

Bodega Bouza

Bastante tradicional no país, fica em Montevidéu, a cerca de 131 quilômetros de Punta del Este.

Lá tem restaurante e um programa de experiência que custa cerca de R$ 330 e inclui visita guiada, degustação, almoço, passeio pela coleção privada de carros antigos e transporte a partir de Montevidéu.

Mais informações aqui.

Foto: Divulgação

H. Stagnari

É uma das vinícolas mais premiadas no mundo com o vinho tannat e fica em La Puebla, no departamento de Canelones.

A visita é simples e inclui passeio pelo vinhedo, vinícola, cave e por um labirinto de vinhas.

Também há opção de participar da experiência gourmet no restaurante da vinícola (a partir de US$ 100).

Veja outros detalhes aqui.

vinícolas no Uruguai

Foto: Divulgação/Juanicó

Bodega Juanicó

A pouco mais de 30 quilômetros de Montevidéu, a vinícola tem visitas guiadas que incluem degustação e passeio por antigas edificações, cave e vinhedos.

Também oferece opção de almoço.

Dê uma espiada no site deles.

E aí, você já sabe qual vai ser a vinícola que fará parte do seu roteiro no Uruguai?

Então, me conta nos comentários qual foi a sua preferida e quais outras vinícolas você já conhece ou quer visitar!

  • Parte do conteúdo desse especial que fizemos sobre o Uruguai foi publicado no jornal Estadão. Clica aqui pra dar uma espiada!

LEIA MAIS

Hotel Conrad é a cidade do entretenimento em Punta del Este

Punta del Este: dica de dois eventos de arte

Punta del Diablo: o lado colorido, calmo e descolado do Uruguai

Comentários

comentários