Hotel personaliza quartos de acordo com o signo
24 de maio de 2017
City tour em Sydney é inspirado no zodíaco
28 de maio de 2017

Foto: João Cottta

Vento na cara, cheirinho de mar e sol na pele! Andar de bicileta tem dessas vantagens e é uma ótima pedida para quem quer conhecer cantos diferentes do Rio de Janeiro. E há muitas opções de passeio para todos os tipos de viajantes.

Os amantes de bike podem deslizar por ótimas ciclovias. Ir até o Pão de Açúcar, conhecer a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Vista Chinesa ou apenas apreciar um tempo consigo mesmo. Tudo isso é possível com uma bicicleta no Rio!

 

Roteiros de bicicleta pelo Rio

Selecionamos alguns roteiros em que a paisagem é a grande atração!

Estonteante Vista Chinesa

Os ciclistas mais experientes e com maior preparo físico vão adorar o passeio até a Vista Chinesa. Por que exige mais preparo físico? A resposta é simples, porque a subida é pesada para os ciclistas, devido ao terreno íngreme. Mas os aventureiros de plantão podem se arriscar.

A Vista Chinesa é uma das paradas de literalmente tirar o fôlego. Foto: João Cotta

A obra de estilo oriental foi construída entre 1902 e 1906 para homenagear os chineses, que começaram o cultivo do chá para o Brasil no início do século XIX. Hoje é uma das vistas mais bonitas do Rio e é quase obrigatória para os viajantes.

Foto: João Cotta

O que diz o fotógrafo João Cotta sobre o passeio:

“A primeira vez resolvi ir até a Vista Chinesa pedalando. Eu estava sozinho e não fazia ideia da distância e o que me esperava pelo percurso. Só havia subido de carro e, mesmo assim, poucas vezes.

Em vários momentos do trajeto me perguntava o que eu estava fazendo ali, porque estava me matando de pedalar, fazendo um esforço físico danado se eu poderia ter optado pela orla que é tão agradável e muito mais fácil!

Mas, como sou teimoso, resolvi ir até o final. As respostas para todas aquelas perguntas que me fazia pelo caminho, estão aí, nas fotos”.

 

Fotógrafo João Cotta na Vista Chinesa, Rio de Janeiro

 

Variedade de ciclovias pela Zona Sul

As principais ciclovias da cidade ficam nesta região, por isso, para todos os lados que os viajantes partirem vão encontrar belas paisagens e será um passeio incrível.

Orla de Ipanema tem ciclovia bastante procurada por pessoas que gostam de praticar esportes. Foto: Embratur

Existem diversas ligações pela Zona Sul, do Leme a Copacabana, de Copacabana a Ipanema, de Ipanema ao Leblon e do Leblon até a Gávea. Os viajantes que optarem por esse roteiro vão encontrar nada mais nada menos que as vistas mais bonitas da cidade. O mar, o céu azul e toda a essência carioca vão encher os olhos dos ciclistas.

Vista da praia de São Conrado. Foto: João Cotta

Cartão-postal na Urca

De frente para a Praia Vermelha fica uma estação de aluguel de bicicleta. Assim, é possível começar dali um roteiro pela região. Os viajantes podem aproveitar e conhecer todos os atrativos da Urca, além da Praia Vermelha, ver o Pão de Açúcar, a mureta da Urca, e também parar em um restaurante ou bar local. A ciclovia que fica nesta região é a Stuart Angel.

Quem fizer o passeio pode conferir também antigo Cassino e TV Tupi, que fica no calçadão da Urca. Vale lembrar que perto da mureta da Urca, não existe mais ciclovia então deve-se redobrar a atenção no trânsito.

Lagoa Rodrigo de Freitas

Os 7,5 km de pista pavimentada fazem o passeio pela Lagoa ser inesquecível. As aves, a tranquilidade e a água seguindo ao lado do ciclista traz uma paz durante todo o trajeto. Existem píers e restaurantes na região para dar uma paradinha ou é possível até dar uma volta de pedalinho na Lagoa.

Andar pela Lago Rodrigo de Freitas é encontrar um dos cenários mais turísticos do Rio. Foto: Alexandre Macieira

 

Barra da Tijuca

Uma das maiores ciclovias do Rio é a que liga toda a orla da Barra. Partir para este roteiro com uma bicicleta nem que seja para observar os esportistas praticando Stand Up Paddle ou tomar uma água de coco na beira do mar, será sempre uma boa opção.

Como alugar uma bike

O mais fácil e prático é o sistema de aluguel de bicicletas da prefeitura chamado Bike Rio Itau. Há um sistema de estações por diversos bairros da cidade.

 

Foto Visual Hunt

Os preços dos passes são de R$ 5 a diária e R$ 10 os passes mensais. As diárias são de 24 horas com uma bicicleta. Já o plano mensal é de 1 hora por dia com a bike, se exceder esta 1 hora com a mesma bici, é necessário pagar uma multa de R$ 5 por cada hora a mais.

Confira aqui  o mapa de todas as estações de aluguel.

Comentários

comentários