Como é a visita na vinícola Luiz Argenta, em Flores da Cunha (RS)
3 de abril de 2018
Dos clichês aos segredos de Nova York. Veja dicas para conhecer a cidade
9 de abril de 2018

Bares, passeios e cafés: roteiro para quem quer curtir Porto Alegre de bike

Foto: Pexels

Os apaixonados por bike se dão bem em Porto Alegre (RS). O que não faltam são passeios, bares, cafés e opções para quem quer desfrutar da cidade enquanto pedala.

Apesar de as ciclovias ainda serem limitadas em algumas regiões e alguns motoristas invadirem o espaço dos ciclistas,  vale a pena reservar um tempo para passear pela cidade de magrela. Então tome cuidado, use proteção ao pedalar e mantenha-se atento.

Em Porto Alegre há algumas opções para quem não tem bike ou simplesmente decide pedalar de última hora:

Loop

Basta baixar o app, encontre o point mais próximo, reserve sua bike, desbloqueie e vá pedalar. O preço para pedalada única é de R$ 4,90 e R$ 29,90 por mês.

Foto: Reprodução/Instagram

Itau

Existem 41 estações em Porto Alegre e funciona assim como o Loop, mas sem reserva. Baixe o app, encontre a estação mais próxima, pegue sua bike e vá pedalar. Os preços por plano variam entre R$15 e R$160, podendo ser diário, mensal e anual. A pedalada única custa R$8.

 

 

Foto: Divulgação

  • Ou sempre existe a opção de ter sua própria bike. O Vila Velô, por exemplo, é um espaço muito legal para quem quer bike usada ou nova. Vale acompanhar as feiras que eles fazem também.

Por onde circular

Gasômetro

Um clássico da cidade e que agrada muitos ciclistas. Os barzinhos da orla atraem o pessoal que está dando uma volta por ali. As mesinhas embaixo das árvores, nada com muito glamour, são “um lugar raiz” para curtir o final de tarde e o pôr do sol. Por lá há pasteis gigantes por R$8 e água de coco para acompanhar, o valor é entre R$8 e R$10. Fique tranquilo, o que não falta é lugar para guardar a bike.

Redenção

Nos domingos é parada obrigatória pedalar pelo parque e depois dar uma volta pelas banquinhas do Brique – é um passeio infalível! Existem lugares para guardar a bike e dar uma descansada nos bancos que lotam a Redenção.

Bares e cafés

Na cidade há opções para quem deseja compartilhar xícaras de café e bater um papo sobre bicicletas!

¡Dale!

Eles se descrevem como um centro de diversão, alimentação e valorização da cultura da bicicleta. Com um cardápio vegano, tudo é temático e o ambiente é muito legal.

Foto: Reprodução Dale/Facebook

Por lá ainda tem cachaças artesanais e uma oficina de mecânica de bicicleta. É tudo em um lugar só! Fica aberto de terça a sábado, das 18h30 às 22h30. Endereço: Avenida Vênancio Aires, 588, Porto Alegre.

Casa Spino

Foto: Anelise Zanoni

É o mais novo espaço na cidade para quem ama o mundo das bikes. Aberta no mês de março, a casa tem oficina nos fundos com direito à montagem de bicicletas lindas da marca Spino.

Há também loja com produtinhos especiais para quem circula sobre duas rodas e um café.

Decorado com visual mais rústico, com tijolos de demolição e peças que lembram o mundo das oficinas e das bikes, o café tem cardápio enxuto, mas democrático: trabalha com tostados, sanduíches e saladas.

E, claro, tem cafés preparados com métodos especiais: coado no cafezeiro com filtro de papel, coado com filtro de metal e preparado na prensa francesa! É sabor para todos os gostos!

Endereço: Félix da Cunha, 349, bairro Floresta, Porto Alegre.

Dirty Old Man

Um bar pequeno, com muitas opções de drinks e tem um estratégico estacionamento para bike na frente. Não tem erro para acabar um dia de passeio pela cidade.

Endereço: R. Gen. Lima e Silva, 956 – Centro Histórico, Porto Alegre

Foto: Divulgação/Facebook

LEIA MAIS

Seis lugares para tomar um chimas perto de Porto Alegre

Antiquário Edelweiss é uma surpresa em Morro Reuter

Comentários

comentários